Novo gasoduto gera 1.500 empregos na região

Trecho "A" corresponde a aproximadamente 87 Km e corta Volta Redonda, Pinheiral, Piraí, Barra do Piraí, Mendes, Vassouras e Rio das Flores .

Sul Fluminense

A construtora Azevedo & Travassos, contratada pela Petrobras, iniciou a seleção dos 1,5 mil trabalhadores que vão operar as obras de construção do gasoduto de 270 Km que ligará o Vale do Aço à região metropolitana de Belo Horizonte. O gasoduto terá capacidade para transporte de 5 milhões de metros cúbicos por dia de gás natural. O trecho A corresponde a aproximadamente 87 Km da obra e corta as cidades de Volta Redonda, Pinheiral, Piraí, Barra do Piraí, Mendes, Vassouras e Rio das Flores.
O chefe administrativo de obras da Azevedo & Travassos, Carlos Gammellone, está há dois meses em Vassouras para conhecer a cidade e verificar possíveis locais de hospedagem da equipe e de instalação do escritório central da empresa. Ele estima que 1.500 empregos diretos e indiretos serão gerados durante a instalação do gasoduto: “Desses 1.500, um terço será destinado para mão de obra especializada e o restante para trabalhadores contratados na própria região. Somente Vassouras deve empregar cerca de 200 trabalhadores,” disse Gammellone.
O prefeito de Vassouras, Renan Vinícius, e o presidente da Câmara Municipal, Renato Cezar, reuniram-se com representantes da construtora para firmar parceria sobre a construção do gasoduto. Para o prefeito, as expectativas em relação ao gasoduto são as melhores. “Não há dúvidas de que uma obra deste porte irá movimentar nossa economia, desde o setor imobiliário ao comércio em geral como mercados, postos de gasolina, bares e restaurantes, além de empregar trabalhadores da cidade. Estou certo de que a construção do Gasoduto Rio de Janeiro–Belo Horizonte irá impulsionar a economia de Vassouras”, destacou Renan.

http://www.folhadointerior.com.br/noticias.asp?cod_noticia=1257&cod_categoria=2

0 ✎ Comentários :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...