A IMPRENSA CHAPA BRANCA DE VOLTA REDONDA



É lastimável a situação de alguns meios de comunicação em Volta Redonda. São controlados, remotamente, pelo Palácio 17 de Julho, que “investe” milhares de reais em jornais, rádios, programas e emissoras de televisões, “comprando” o silêncio de todos eles. Quando algum deles faz qualquer crítica, pode ter certeza que não recebeu a “mesada” mensal, mas logo tudo volta ao normal. 

São ridículos os comentários políticos desses veículos de comunicação, porque eles têm que ser do agrado do Governo e se possível, bem cáusticos com a oposição, senão não agradarão ao “chefe” e correm o risco de ficarem fora dos próximos “empenhos emitidos”. 
Não entendem nada de marketing político, mas se entendessem não alteraria nada, porque as diretrizes são dadas pelos mensageiros do Prefeito e há quem diga que até as manchetes são aprovadas pelo Palácio. Este “controle” custou para nós, que pagamos imposto em Volta Redonda, nos últimos 09 meses, R$ 1.890.363,00 (UM MILHÃO OITOCENTOS E NOVENTA MIL TREZENTOS E SESSENTA E TRÊS REAIS). 
Os valores para cada um variam de 3 a 8 mil reais, mas há os mais “poderosos” que chegam a receber 24 mil reais em apenas um mês. Tudo para não criticarem o Governo; fazerem vista grossa para todos os desmandos administrativos do atual Governo; publicarem entrevistas exclusivas encomendadas; distorcerem entrevistas de quem não lê na cartilha do Prefeito; publicarem notinhas plantadas contra Partidos e políticos que não se alinham ao Palácio 17 de Julho; não entrevistarem, nos programas de rádio, quem não for do “esquema”, enfim, há todo um receituário para continuar na lista dos empenhos.

 Os jornalistas que fazem parte da “cadeia Neto” acham que aqueles que não têm esta “dependência” do Governo são “pé rapado”; kamicases, por terem a coragem de enfrentar o “esquema dos empenhos”; “inexperientes” e até “burros demais” porque têm a ousadia de criticar o “poderoso chefão”. No julgamento de um deles “ficam dando tiros para todos os lados em blogs que ninguém acessa”. A grande bronca deles jornais e jornalistas é que este blog “atira para todo lado”, mas não obedece ordens de ninguém, não recebe dinheiro de ninguém, é totalmente independente e pode se dar ao luxo de criticar quem merece ser criticado. Bem que eles gostariam de poder “atirar para todos os lados”, mas só podem atirar para um lado e aquele que o Governo mandar, geralmente contra a oposição! Os jornais que fazem parte do “esquema” não conseguem entender que exista alguém que não depende do Governo Municipal, não depende do Governo Estadual e muito menos do Governo Federal. 

Quanto aos “blogs que ninguém acessa”, eles são mais acessados e lidos do que um jornal que aparece uma vez por semana, com cartas marcadas e com um Blog “água com açúcar” que só faz reforçar os textos do jornal, sem ter coragem de atirar em nada ou ninguém, porque lhe falta independência, coragem e por não ter condições de sobrevivência longe do poder. Gostaria de saber quantos assinantes ou leitores tem o Jornal. Duvido que chegue perto do número de e-mails cadastrados, que recebem o aviso de atualização ou do número de acessos que tem o Blog. 

Quando querem fazer previsões eleitorais, aí então é um desastre. Todas são direcionadas e induzidas, porque afinal o objetivo é um só: Continuar recebendo a “mesada” do Governo Municipal. E eles têm 8.000 motivos para continuarem agindo esta forma! O que o Jornal está dizendo hoje, sobre a eleição de 2012, em Volta Redonda, eu já tinha dito em 26 de março de 2011, em uma Nota que postei no Blog, sob o título: “Destaques da Eleição de 2012 em Volta Redonda”. Dizia eu naquela ocasião: “Evidentemente, que alguns nomes ficarão pelo caminho. O Rogério Loureiro não tem cacife para buscar uma eleição como cabeça de chapa. Pode até ser candidato a vice em uma chapa qualquer, até mesmo do Neto. Faz parte do esquema que domina a política municipal há mais de 14 anos. Colocou o nome para ser chamado para conversar e nessa conversa, tudo pode acontecer. Nem no VOLTAÇO ele conseguiu emplacar. Pode também vir como vice do Gothardo, que também é cúmplice de tudo o que se fez em Volta Redonda nos últimos 14 anos”. Aliás, para informação do Jornal que está desatualizado, o VOLTAÇO recebeu, nos últimos 09 meses, R$ 1.890.363,00, o que dá uma média mensal de R$ 210.000,00 e não R$100.000,00. Se acessasse mais o Blog que não vive à sombra do poder, não pagaria este mico! Na mesma Nota, em outro trecho, eu dizia: “O Gothardo não tem discurso para se candidatar a Prefeito de novo. Se fizer discurso de oposição, soará mais falso que nota de 3 reais; se fizer discurso de situação, vai ficar falando sozinho. Não tem mais identidade política no município. Não tem voto para chegar ao segundo turno. Só foi Prefeito pelo apoio do Neto, o que também ocorreu com o Neto em relação ao Baltazar. Deve ser candidato, mas sem muitas perspectivas. O Renato Soares também não tem cacife para buscar uma vaga no 2º turno. Não acredito que ele seja candidato a Prefeito”. 

Os jornais que estão vinculados ao “esquema” proposto pelo atual Governo sabem que ganhando um candidato de oposição que não tenha rabo preso com a atual Administração, eles terão que “trabalhar” e correr atrás de classificados e publicidade para sustentar o jornal, porque a farra vai acabar! Não haverá “mesada” e dinheiro público não vai sustentar nenhum jornal, prevalecendo uma relação estritamente profissional e só vai sobreviver quem tiver competência e capacidade gerencial. Está explicado por que tanta bronca! A imprensa “chapa branca” está com os dias contados! E 2012 é logo ali! 

1 ✎ Comentários :

Anônimo disse...

Lamentável é o senhor ter quando era o prefeito Baltazar assistido a tudo quietinho. Hipócrita.
Alguém já leu sobre homens de aluguel? A famosa consciência política comprada com dinheiro público dos cargos não difere da opinião jornalística paga com dinheiro do mesmo cofre.

E as ambulâncias do Baltazar alguma notícia de como ficou aquele nojento escândalo?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...