AMPLEXOS ON TOP

Segundo álbum da banda Amplexos, de Volta Redonda, está sendo mixado pelo produtor Buguinha Dub, que já produziu a banda Nação Zumbi e muitos outros sucessos.

A banda Amplexos lançou seu primeiro disco em 2008 com a distribuição do selo carioca Bolacha Discos. O álbum era uma coletânea com as músicas dos primeiros anos do grupo, formado em 2005, e a produção foi toda feita pela própria banda, de forma independente. O disco obteve boas críticas da mídia especializada e foi amplamente compartilhado na internet, por meio de blogs e sites musicais de todo o Brasil e exterior. Desde então a banda viajou bastante, tocou em todos os tipos de lugares e cidades, conquistou muitos fãs na região sul-fluminense, na capital e em outros estados e agora estaciona em São Paulo, onde está sendo feita a produção do novo álbum, pelo produtor Buguinha Dub.

Buguinha é pernambucano e foi técnico/engenheiro de som da banda Nação Zumbi por muitos anos. Já produziu, além do Nação Zumbi, as bandas Mombojó, Cordel do Fogo Encantado, Mundo Livre SA, Racionais MCs, Lucas Santtana, Natiruts, Ponto de Equilíbrio entre outros artistas de renome nacional. A lista de artistas que já trabalharam com Buguinha é extensa, e agora conta com o grupo de Volta Redonda, que deu total liberdade para o conceituado produtor experimentar suas alquimias sonoras, como reforça Leandro Tolentino, percussionista do grupo:

- Buguinha é um gênio admirado no mundo todo e trabalha com equipamentos que a gente não encontra mais nos estúdios de hoje em dia. Somos fãs do cara, e demos muita liberdade pra ele viajar com seus efeitos e idéias malucas na nossa música!

Os efeitos citados pelo músico são características presentes no trabalho do produtor, que prefere trabalhar com equipamentos analógicos e raros, à moda dos clássicos produtores de dub, gênero musical desenvolvido na Jamaica dos anos 60 e 70, espécie de evolução do reggae e pai da música eletrônica moderna. Buguinha é, atualmente, uma das mais importantes referências do gênero no Brasil e no mundo.

- O dub está muito presente nesse nosso trabalho atual. Faz parte das nossas principais influências, assim como o afrobeat, a música cubana, brasileira e o reggae. Durante o processo de composição do repertório, esbarramos várias vezes no nome do jamaicano Lee Perry, “inventor” do dub e um grande gênio da produção musical, nas músicas e discos que escutávamos. Foi natural buscarmos alguém que trabalhasse com elementos parecidos, e o nome de Buguinha foi o primeiro que veio à nossa cabeça, mais ainda por ele conseguir fazer um dub abrasileirado, cheio daquele suíngue que a gente conhece muito bem por aqui. – comenta Guga, vocalista e guitarrista do grupo.

O disco, gravado em Volta Redonda no estúdio Caos e Vitrola, está em fase de mixagem no estúdio de Buguinha, Mundo Novo, em São Paulo. A Amplexos promete um álbum mais maduro, com uma identidade mais forte do que o primeiro disco. Segundo a banda, trata-se de um disco conceitual, que não deixa de lado as melodias pop do primeiro álbum, mas cheio de experimentações de estruturas da música dos guetos do mundo, como Etiópia, Nigéria, Jamaica, Cuba e Brasil. Uma das músicas do disco novo, “Leão”, já pode inclusive ser conferida na internet, em um vídeo que circula no youtube. Leandro Vilela, guitarrista do grupo, explica o que vem por aí:

- É mais dançante que o primeiro, mas não é festivo, é reflexivo, é viajante. O álbum conta uma história, uma música depende da outra, mas as músicas funcionam muito bem em separado também. Não sabemos ainda como vamos lançá-lo, mas é certo que será até o fim de 2011. Os fãs podem esperar muita força e ousadia, porque a gente tem muita coisa pra dizer nessas canções todas.

Antes mesmo do lançamento, por tudo o que já foi dito e escutado nos shows mais recentes, é um dos fortes candidatos a melhor disco de 2011.

0 ✎ Comentários :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...