Gol de Placa


Quem sabe ainda sou um garotão
No ponto esperando o busão

Nao estou cansado
Eu nao fiz nada
Só fui pra escola
Azarar a mulherada
Nao estou cansado
Experimente PoesiaNao fiz nada
Só fui pra escola
Azarar a mulherada

Chegando em casa
Troco a roupa
E vou pra rua
Bater uma pelada

Com a mulecada
Uma driblada
E cara a cara
Agora é só fazer o gol

E nao precisa
Ser gol de placa
O importate é o drible
E chute onde for

Nao estou cansado
Eu nao fiz nada
Só fui pra escola
Azarar a mulherada
Nao estou cansado
Nao fiz nada
Só fui pra escola
Azarar a mulherada

É gol de placa!


Para mais poemas cotidianos, visite: http://experimentepoesia.blogspot.com

0 ✎ Comentários :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...