O CINEGRAFISTA MATEUS HAL CONTA TUDO SOBRE A AGRESSÃO QUE SOFREU E DIVULGA FOTOGRAFIAS

O cinegrafista Mateus Hal (TV COM) agredido na última semana, contou ao Tablóide Fluminense sobre a violência e as ameaças que tem sofrido. 



(...) "Na noite de terça feira,  saí do estúdio da TV COM para filmar a assembleia da TVC. Cheguei no portão e bati três vezes. Me mandaram entrar mas insisti que viessem ao portão. O Kleber veio até o portão, me identifiquei como da TV COM, perguntei se eu poderia filmar a assembleia e ele disse que não. 
Então perguntei: - Mas, e o TAC? 
Ele me respondeu: - O TAC sou eu que faço!
Nesse momento ele correu atrás de mim, pois desde o primeiro momento que bati no portão eu estava com a câmera ligada. Corri e liguei para diretor da TV para avisar que estava sendo perseguido. De repente, já bem afastado da sede do COMAM, vi várias pessoas saindo lá de dentro e três delas começaram a correr atrás de mim.
Eu corri quase 500 metros, quando começaram a gritar:
- Pega ladrão pega ladrão!
Um cara da oficina já estava saindo para meter uma barra de ferro na minha cabeça, quando gritei: - Sou da TV COM !
E ele parou aonde estava. Nesse momento, dois homens me perseguiam, veio um carro em alta velocidade atrás de mim e eu corri para calçada. Kleber estava dentro do carro e me cercou pela frente. Um rapaz forte por trás, eu não tinha saída. Entrei dentro de uma padaria pensando que iam parar. Ele entrou começou a me puxar e me bater na parede, torcer meu dedo, dar tapas, me espancar, tentando de todas as formas tirar a câmera da minha mão.
As pessoas devem ter pensado mesmo que eu era ladrão, pois estava com a roupa suja de ter mexido com fios na TV e ele de terno e gravata.
Depois de derrubar algumas coisas da prateleira e me pressionar na parede com seu corpo com mais de 100 kg (eu com 50kg). A filmadora caiu no chão e quando fui pega-la, ele pisou na minha mão. Já com meu corpo cheio de dores, ele roubou a câmera e foi embora com seu carro.

Restaram em minhas mãos meus óculos quebrados e a tela da filmadora. As funcionárias da padaria me deram água com açúcar até a chegada do diretor da TV. Fiquei com um corte no pescoço, machucados pelas mãos e o corpo dolorido pelas prensadas na parede.
Não consegui dormir por três noites e ainda fui humilhado na TV por ele e o apresentador que estava no dia, falaram que sou malandro e muitas outras coisas. Nos dois jornais locais só publicaram a versão dele. As testemunhas que viram o tudo, agora estão sendo coagidas pelos mesmos. Graças a Deus, estou vivo, pois iria levar um cano de ferro na cabeça, de uma das testemunhas que também foi ameaçada. Mas, ele resolveu não se calar. Estamos todos com medo, fui vítima de racismo, roubo e agressão. Ele é advogado da Câmara Municipal, pode ter muita ajuda, eu não, sou pobre e não tenho nada! " (...)


8 ✎ Comentários :

KLEBER MENDES disse...

Esse rapaz está faltando com a verdade e está conseguindo apoio em gente que já teve entreveros comigo, Mas a Justiça está ai mesmo

Anônimo disse...

Eu acredito no rapaz, o Mateus. E as marcas de agressão estão nele, assim como as imagens da truculencia do sr. Kleber, que todos viram. Não há o que negar. É só ser feita a justiça. As imagens não mentem jamais!

Anônimo disse...

Eu se fosse da família desse rapaz o Mateus, ia pedir proteção policial pra ele, pois esse rapaz corre risco de vida com as coisas que estão acontecendo.

Anônimo disse...

Olha Kleber voce é um safado,voce ja foi arrogante e grosso comigo,e me chamou de burro e ladao.mais se deu mal porque nao sou fraco e sem maldade como o mateus é,coitado do mateus.
mas todo dia um acha...

Anônimo disse...

Venho através desta defender meu irmãozin... que sempre foi uma pessoa de bem, é um bom "adivogado". Nunca esteve envolvido em escândalos, armações, falcatruas, esquemas de toda espécie e afins. Não acredito nesse garoto que, deve ter se cortado fazendo barba, e no medo, foi fazendo as unhas, não sei porque vem querendo jogar a culpa no meu irmãozin que foi socorre-lo e escorregou causando colisão corporal e imprensando o menininnho na parede... também, quem manda ser tão magrelo assim.
Também, afirmo que sou um "puliça" honestíssimo, nunca falei aos quatros cantos de Angra que prendi o "presidente" numa situação ... nunca pus minhas amantes pra trabalhar numa firme que chegou a Angra, muito menos na DOCAS.
A única coisa que não posso afirmar é, ainda que não consegui parar de mentir!

Ass: Anônimo Nogueira Mendes

Anônimo disse...

barba nos pescoço amigo? qe idiota em...kleber mendes bandido..e ladraõ ve a ficha do kleber e ve quantas pessoas ele hja agrediu ..a lista vai ser grande...e o irmaozinho quer defender o advogado merda de angra?
faz favor neh

Luis do COMANDO disse...

Anonimo 1 de dezembro de 2011 16:01,amigo vc não percebeu que o cara está irônico?
Leia novamente o comentário.

Anônimo disse...

Este bosta do Kleber poderia muito bem mirar para àqueles que estão no Front, mas prefere agredir o cinegrafista. Se ele invadiu o bosta do Kleber tem duas provas, uma da câmara que ele roubou e outa da tal de Deusa - tá mais par Demônia. Pq não mostra? Pq é safado!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...