SECRETÁRIO DE ORDEM PÚBLICA DE BARRA DO PIRAÍ ALEGA TER SIDO AGREDIDO PELO SAMBISTA TATÃO


Assistam ao vídeo gravado por Jeff Castro com Rudney da Paixão, o Tatão, e vejam a versão contada pelo puxador de samba Tatão, que é o porta-voz do governo municipal nos desfiles carnavalescos da Avenida Governador Portela.



No início da noite de sábado (02 de junho) o secretário de Cidadania e Ordem Pública de Barra do Piraí, Antônio Carlos Elias, o Bitu (foto acima), compareceu a 88ª DP acompanhando uma guarnição da Polícia Militar, que conduzia algemado o puxador de samba Rudney da Paixão, conhecido como Tatão, que estava sendo acusado de agredir o próprio secretário na Rua Major Ferraz, Centro da cidade.

No registro de ocorrência 1162/88, o secretário de Cidadania e Ordem Pública de Barra do Piraí relata que estava em seu apartamento no terceiro andar de um prédio na Rua Major Ferraz, quando, percebeu que alguém tinha jogado algo em sua janela gritando xingamentos como filho da puta e secretário viado. Então, conta Bitu que foi conferir e percebeu que Tatão, que se encontrava bebendo num bar em frente ao prédio onde reside, naquele momento estava gritando “desce aí seu viado!”. Segundo relata ainda o secretário de Ordem Pública Antônio Carlos Elias Bitu, ele desceu de seu apartamento para saber o que estava acontecendo e foi agredido por Tatão. No registro está escrito: “tendo cortado sua mão direita ao tentar se defender de Tatão”. Como o corte foi produzido, o secretário Bitu não esclareceu no registro de ocorrência. Sem poder prestar qualquer esclarecimento devido à gravidade dos ferimentos no rosto, até com perda de dois dentes, Rudney da Paixão, o puxador de samba Tatão, foi levado para a Santa Casa de Barra do Piraí onde permaneceu internado tendo alta médica na tarde de domingo. Bitu e Tatão foram submetidos a exames de corpo de delito.

O secretário de Cidadania e Ordem Pública reside no terceiro andar deste prédio na Rua Major Ferraz, onde os leitores podem ver uma bandeira do Botafogo, clube de coração de Antonio Carlos Elias, o Bitu, que alegou na 88ª DP de Barra do Piraí, que o puxador de samba Tatão jogou alguma coisa em sua janela (foto: divulgação)







88ª DP de Barra do Piraí
Ouvi na terça-feira o delegado titular da 88ª DP de Barra do Piraí, José Mário Salomão Omena. O delegado Omena informou que o caso, inicialmente, está sendo tratado como lesão corporal recíproca. E que somente após ouvir o depoimento das partes poderá dar maiores informações sobre o inquérito policial.

Ministério Público Criminal
Com o apoio de sua irmã Márcia Valdomiro, funcionária do Fórum de Barra do Piraí, Rudney da Paixão, o Tatão, foi ao Ministério Público Criminal contar sua versão sobre o ocorrido na Rua Major Ferraz.




Vários veículos, incluindo o utilizado pelo secretário Bitu, ficam estacionados em local não permitido na Rua Major Ferraz, centro de Barra do Piraí (foto: divulgação)


Secretaria de Cidadania e Ordem Pública de Barra do Piraí

Não fui recebido pelo secretário Antônio Carlos Elias Bitu. Na segunda-feira a atendente Lúcia disse ao telefone que o secretário de Cidadania e Ordem Pública não tinha dado qualquer resposta ao meu pedido de entrevista e que ele não poderia agendar um horário, já que segundo ela Bitu não fica muito tempo na sede da Secretaria devido aos muitos compromissos diários com a ordem pública nas ruas de Barra do Piraí.

Fotos dos ferimentos em Rudney da Paixão, o Tatão

0 ✎ Comentários :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...