MULHER FOI DEMITIDA POR NÃO APOIAR A REELEIÇÃO DE ZÉ RENATO

Em Barra Mansa quem opinar em qualquer departamento público em que o prefeito Zé Renato manda e desmanda vai ficar sem emprego, é que como no campo de futebol, a regra é clara....

Veja só o caso de uma mulher conhecida como Natália, moradora do bairro Km 4, que trabalhava como agente de saúde no posto do bairro. A moça arranjou problemas apenas por conto de suas preferências políticas.

O vereador que ela diz apoiar é da base do governo (até aí tudo bem pro Zé), mas candidato que ela apoia é oposição para prefeito é oposição (o Zé pira!). A agente de saúde usou de sua liberdade de expressão e comentou durante algumas vezes no posto onde trabalha, sua opinião pessoal(o que é um direito dela, afinal vivemos em uma democracia)

E não é que a regra foi mesmo clara?

Natália foi orientada a não falar o nome do seu candidato, teve sua liberdade de expressão podada e como qualquer pessoa, não se deixou intimidar. Continuou com a mesma opinião e pagou um  preço caro por isso.
A mulher que era agente de saúde na cidade, perdeu seu de emprego quando a elite do governo municipal descobriu que ela não votaria no Zé. A mesma foi mandada em embora e agora terá de arrumar outra forma de ganhar dinheiro, em outro lugar.

Barra Mansa é terra de ninguém mesmo, onde essas máfias políticas fazem o que bem entendem. 

Faça um favor pra Barra Mansa e para humanidade, nestas eleições não reeleja nenhuma destas merdas que estão aí! Faz esse favor...



4 ✎ Comentários :

Anônimo disse...

NAO SOU DE B.MANSA, MAS EU ACHO QUE TA MAIS DO QUE CERTO!! SE A TAL MOÇA ERA CARGO COMISSIONADO, OU SEJA, DE CONFIANÇA E INDICAÇÃO, E NAO CONCURSADA, O MINIMO Q ELA TINHA DE FAZER ERA APOIAR O PREFEITO ATUAL. JA QUE ELA TEM OUTRO CANDIDATO, ESPERE PARA TRABALHAR COM ELE SE ELE GANHAR E NAO RECLAME.

Pietro Schimith disse...

Que pensamento mais estúpido, meu caro Anõnimo.

Diego da Silva Araújo disse...

Realmente é um absurdo este tal de "anônimo" dizer uma bobagem destas, pois mesmo sendo um cargo comissionado, ela tem todo o direito de votar em quem quizer, sendo ou não aquele que a contratou.
Creio que se ela não tem o Zé Renato como opção de voto, é porque ela está pensando no "bem coletivo" que a propósito, todos deveriam pensar e colocar este "bem" acima dos interesses pessoais.

Eu apoio a decisão dela!

Anônimo disse...

Faltaram dados pra avaliar tal situação. Qual era o contexto no qual a personagem da reportagem estava falando? Se era uma "conversa de cozinha", sim, foi injusto. Mas se a dita agente estava fazendo campanha dentro de UM DEPARTAMENTO PUBLICO isso pode dar demissão até por justa causa, acredito...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...