AMÉRICA TEREZA "PREFEITA POR UM DIA"

0 ✎ Comentários

O sorriso mais vaiado de Volta Redonda

A linda, maravilhosa, vitaminada e presidente da Câmara Municipal, América Tereza (PMDB), assumiu hoje interinamente a prefeitura de Volta Redonda. Ela saiu do Forum agora a tarde se sentindo a bam bam bam da cocada preta.Depois de uma reunião com o juiz da 131ª Zona Eleitoral, Ludovico Couto Colacino, ela assinou os documentos de posse, sendo, neste momento, a prefeita interina da cidade. 

O fim do reinado da Xereza e a diplomação do deputado federal Jorge de Oliveira, o Zoinho (PR), será na próxima segunda-feira (2). Ele deve ser empossado na terça-feira (3) ou na quarta-feira (4). No lugar de Tereza na presidência do Legislativo, ficará o vereador Paulo Conrado.

ZOINHO SERÁ O NOVO PREFEITO DE VOLTA REDONDA NO FIM DA TARDE DE HOJE.

1 ✎ Comentários


O deputado federal Zoinho (PR) deixou Brasília hoje cedo rumo a Volta Redonda. A Câmara Municipal foi oficiada pelo Tribunal Regional Eleitoral para empossá-lo imediatamente devido à cassação do prefeito Antônio Francisco Neto (PMDB). Zoinho, metalúrgico que passou a sua vida trabalhando na CSN, disputou uma das eleições mais duras do estado, onde foi derrotado no 2º turno pelos abusos de poder econômico constatados pela Justiça Eleitoral. É sua grande chance de mostrar que um metalúrgico pode fazer a diferença. E é mais um prefeito do PMDB cassado por crime eleitoral.

E AGORA VOLTA REDONDA (2)?

0 ✎ Comentários


SEGUE UM LINK DO MEU BLOG ONDE FAÇO UM COMENTÁRIO DO QUE ACONTECEU EM VOLTA REDONDA NOS ÚLTIMOS 2 ANOS.

http://marcioneoliveira.blogspot.com.br/2013/08/e-agora-volta-redonda-2.html

... ILHAS E NAUFRÁGIOS ...

0 ✎ Comentários

                       Escrevo sobre ILHAS e NAUFRÁGIOS não sobre náufragos em suas ilhas políticas...
As nossas amigas do astral superior nos ajudam informando que os piores são os e as naúfrago/as político/as...
Como e porque - e quando esses 17 ou 19 afundamentos aconteceram...
Cabe aos orgãos culturais do município esclarecer tais fatos para que a história não se perca nas noites e nos dias surdos e mudos da cidade triste...
Sei que careço de informações sobre tudo e todas as ilhas e todos os naufrágios e não dos náufragos políticos..
Vou pesquisar e me informar com pessoas de boa vontade para escrever o certo , lembrando que tudo irá girar em torno do lado espiritual dos fatos...
Até porque o meu interesse assim como o interesse da espiritualidade é clarear o escuro que a cidade vive mergulhada, infelizmente ainda existem pessoas no município que cultivam essa malignidade e assim a cidade fica mergulhada no marasmo político educacional profissional espiritual financeiro e com uma tristeza de fazer inveja ao mais invejoso dos invejosos que teimam em deixar ficar como está...



#ocupacamaravr

0 ✎ Comentários



Dia 19 de Agosto a  câmara foi ocupada, sim ocupada pelos movimentos sociais, partidos políticos, pessoas que não tem nenhuma bandeira partidária, enfim, pelas pessoas que estão cansadas desta ditadura que estamos vivendo em volta redonda.

O maior debate foi em relação a uma mensagem vinda do executivo sobre o fundo de presidência onde o público pedia esclarecimentos e era ignorado pela presidência da casa seguindo o modelo ditador do executivo a qual ela defende de olhos fechados.

Chegou a informação que o atual prefeito corre agora sério risco de ser cassado, pois no TRE ele sofeu um golpe pois 4 desembargadores dos 7 votaram a favor de abertura de processo pela cassação, quando este placar já estava 4 a 0 um quinto pediu vistas.

Volta redonda passa por uma crise de identidade em sua gestão, o executivo não dialoga com a população e quer que ela engula qualquer coisa que apresente sem discussão, não é mais assim que as coisas estão funcionando, a cada dia mais e mais pessoas querem desempenhar papel fundamental na vida política que é exercer o direito de cobrar daqueles que foram eleitos o trabalho a qual estão exercendo o cargo.

O cúmulo foi a câmara aprovar uma linha de financiamento de 61 milhões para mobilidade urbana onde os principais afetados não não ouvidos que é a população, que quer discutir o projeto, fazer colocações, reivindicações e mostrar que mobilidade urbana tem que ser discutido com a população.
enfim #ocupacamaravr é um grito entalado na garganta a muito tempo e estamos presenciando a pior presidência desta câmara municipal até hoje, creio que mais desastrosa ainda que do ex vereador soró.
vamos a luta por transparência, democracia e liberdade para a população.

mais uma poesia

0 ✎ Comentários

acesse meu blogeer e leia mais uma poesia minha http://marcioneoliveira.blogspot.com.br/

... CACHORRO NÃO É PRESENTE ...

0 ✎ Comentários

                       Nunca dê de presente um câo por menor que ele seja, eles não gostam ...

Erradamente as pessoas com o intuito de agradar presenteiam outras com o melhor amigo do homem...

Eu por meu lado acho isso uma defasagem inominável, porque o animal deve ser escolhido assim como também o dono também tem ser atraído por ele...

Assim como nós também somos escolhidos por eles na medida do possível e do impossivel...

Absurdo dirão muitos, sim é, mas a energia não foi criada agora e por mim, foi criada pelo Criador de tudo ... D E U S ...

Volta Redonda e o desafio da Politica Cultural

0 ✎ Comentários


A II Conferência de Juventude ficou estranhamente vazia.

O ano de 2012 em Volta Redonda, sobretudo no segundo semestre, testemunhou uma série de encontros, reuniões e debates sobre cultura. Quase todos organizados pela sociedade civil. 
Mesmo com debilidades, corporativismos e altas doses de sectarismo, não se pode negar a importância da construção de um espaço privilegiado de discussão de idéias quanto a política cultural de nossa cidade. A força do movimento chegou inclusive na composição do novo governo Neto.


O início de 2013 foi bem diferente. Os debates culturais são raríssimos, a intervenção dos artistas e dos chamados “produtores de cultura” na esfera pública são cada vez mais frágeis, e o resultado disso interfere imediatamente na construção de uma política cultural democrática em nossa cidade.
A cultura não se resume ao campo da arte e seus criadores, é a dimensão simbólica inerente a natureza humana, e quesito fundamental na orientação comportamental de uma determinada ordem social. Isto é, a cultura tem a força de garantir a manutenção de um sistema social ou transformá-lo em realidades superiores.
Uma política cultural democrática deve se basear nos paradigmas de respeito à diversidade e a pluralidade das expressões de grupo. Tem a responsabilidade, ainda, de investir nos agentes de cultura, garantindo condições materiais para a produção de sua arte, inclusive como meio de vida. Entretanto, o centro de uma política cultural alinhada aos valores da democracia, deve responder pela valorização da cultura como incentivadora de novas vivências em sociedade, marcadas pela promoção da solidariedade, cooperação e a justiça social. As mudanças reais no núcleo de uma organização social passam indubitavelmente pela construção de um novo paradigma de convivência social. Gramsci chamou de “reforma intelectual e moral” esta série de ações que visam romper as estruturas que sustentam a lógica sistêmica produtora de injustiças e desigualdades, e que encontram na cultura seu habitat natural.
Ainda que possamos vislumbrar avanços, Volta Redonda está longe de uma política cultural com estas características. Não basta o governo e sua secretaria, faz se urgente a recuperação da ação crítica da sociedade civil. Uma política cultural democrática só pode ter êxito se respaldada pelo povo e suas organizações coletivas. Pela atuação da intelectualidade, os artistas e os pensadores de cultura. Se estes abandonarem o debate ou, na pior das hipóteses, sucumbir a cooptação,  nossa política cultural permanecerá restrita a distribuição de recursos públicos a eventos culturais e entretenimento, que ainda que tenham sua importância, por si só empobrece a tarefa da cultura e do artista como intelectual orgânico na criação de um novo mundo.
 

A derrota da Política em Volta Redonda

0 ✎ Comentários



Segundo o pensador grego Aristóteles, a política é a invenção humana que busca o bem comum da coletividade, acima dos interesses particulares. Nos tempos modernos, a busca por este bem comum repousa no trabalho articulado entre os vários atores sociais, que atuam no espaço público fazendo da Política instrumento de construção de consensos. A mediação de toda esta articulação se dá por uma série de instituições que regularizam o jogo da democracia política.

Em Volta Redonda assistimos o esvaziamento da política, pensada no sentido aristotélico e enriquecida pelo aperfeiçoamento do jogo democrático. O principal sintoma deste vazio está no que eu chamaria de “Judicialização da política”, ou seja, a transferência da ação coletiva dos espaços tradicionais da política (partidos, movimentos sociais, parlamento etc) para o campo exclusivo dos tribunais. Isso se percebe fácil quando vemos as excessivas tentativas de destituir o governo Neto usando de recursos jurídicos. As oposições, carentes de um projeto de cidade, recusaram a política e a batalha das idéias para se concentrar unicamente na via judicial para chegar ao poder. Como o Poder Judiciário é o que menos sofre controle social, e suas decisões são tomadas por pequenas elites letradas e sem necessidade de satisfação ao povo, a escolha desta via guarda riscos autoritários, principalmente por desprezar o campo da maioria popular e se atentar exclusivamente na burocracia jurídica.

É óbvio que a Justiça é ponto fundamental na sustentação de um regime democrático, mas no momento em que ela deixa de ser guardiã das regras do jogo para adentrar-se na luta pelo poder, vivemos neste momento a substituição dos caminhos coletivos da política para outros bem mais individualizados. Entregamos as decisões que deveriam vir do povo em suas diversidades, nas mãos de uma minoria com amplo poder de decisão.

As oposições confessam sua incapacidade de formulação de alternativas políticas, e recorrem a micros golpes jurídicos, com o fim de, quando não derrubar o governo, impedir sua governabilidade. Tudo isto é terrível para a democracia.
É bem verdade que as oposições não são homogêneas. Parte dela é fisiológica, e se concentra basicamente na Câmara de Vereadores, envolta num agrupamento híbrido de partidos e parlamentares com o interesse pragmático comum de enfraquecer o governo. Outra parte oposicionista vem de setores da esquerda, que agem principalmente no campo sindical. Ainda que esta última consiga manter relativa coerência ideológica, nutrem simpatia com os artifícios da oposição. Volta Redonda sofre com a ausência de uma esquerda democrática forte, que fosse capaz de organizar a luta política em alinhamento com o espírito republicano do Estado de direito. Infelizmente, as esquerdas da cidade do aço se revezam entre um transformismo governista e um sectarismo raivoso.

O fato é que os últimos anos testemunharam um enfraquecimento de nossa sociedade civil, assim como o empobrecimento brutal da batalha das idéias. Faz se urgente que o governo recupere a capacidade de diálogo com os variados setores da sociedade, e que faça imediatamente reformas, capazes de alinhar o governo com as novas formas de sociabilidade que nascem da sociedade em rede. A sociedade civil também deve se responsabilizar pela busca do resgate da política como mecanismo privilegiado na construção de vontades coletivas. Caso o contrário, seguiremos com a triste constatação de que em Volta Redonda a política foi derrotada.

VÍDEO MOSTRA JOVEM SENDO MORTO EM VOLTA REDONDA !!!

0 ✎ Comentários

Alexandre Pançardes - Foragido

Policiais civis e militares identificaram como Alexandre Pançardes - mais conhecido como "Xandinho" - o "pitboy" é considerado foragido e foi indiciado por homicídio duplamente qualificado.

O Jovem de 19 anos assassinou outro rapaz com um tiro no pecoço, por volta das 4h30 do dia 03/08/2013, o caminhoneiro Marlon do Vale Garcia, de 22 anos. O crime foi na Rua Coronel Camilo, no bairro Jardim Amália em frente a Boate Studio 54.

"Xandinho" foi acusado pelo irmão da vítima, Jaderson Luiz do Valle Garcia, e por outras testemunhas, de acordo com o registro feito na 93ª DP. O caso está sendo apurado pelo delegado adjunto Márcio Leandro Figueiroa.


O vídeo do crime mostra claramente o tiro dado no pescoço de Marlon.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...