MORAR EM VOLTA REDONDA É TÃO CARO QUE ALPHAVILLE VIROU PECHINCHA


Os valores de imóveis em Volta Redonda estão completamente fora da realidade. A especulação imobiliária na cidade faz com que vejamos cenas bizarras, gente querendo vender qualquer pedaço de terra por uma fortuna.

Por exemplo, casas no bairro Vila Rica que custavam 40 mil em 2006, hoje custam no mínimo 180 mil; Quase 200 mil reais para morar em uma zona rural de uma cidade de interior. Isso sem falar de outros bairros (ditos bons) em que não se vê anúncios por menos de 250 mil.

Para quem não sabe, para se financiar um imóvel de 200 mil é preciso ter uma renda de mais de 8 mil reais. Um indivíduo que deseje comprar casa no Vila Rica ( a 180 mil) deverá ter renda de 7 mil reais para o financiamento, fora os 18 mil que a caixa exige como entrada.

Quantos em nossa cidade ganham isso? Se você ganhasse um salário destes, ia querer morar no Vila Rica?


Depois os vendedores destas casas não entendem por que nunca conseguiram vender esses imóveis. Além da relação custo benefício ter um quase inexistente "benefício", este tipo de atitude trava a economia e faz com que Volta Redonda fique uma cidade impossível de se viver.

Por outro lado podemos ver que existe público disposto a pagar caro por imóveis de qualidade. Um belo exemplo disse é que o condomínio de alto padrão "Alphaville Volta Redonda", conseguiu vender 415 lotes residenciais em menos de três horas (por preços exorbitantes, claro). 


Sinal claro de que muita gente quer viver em Volta Redonda e acredita no grande potencial econômico da região, só não vivem aqui, por que é caro demais.

1 ✎ Comentários :

Gustavo Olimpio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...