Empresário doa terreno para construção do Parque Tecnológico do Sul Fluminense‏

0 ✎ Comentários


O presidente da Associação de Pesquisadores em Prol da Tecnologia e Inovação do Sul Fluminense, Alexandre Silva, e o agropecuarista Fernando Moreira, assinaram, nesta quarta-feira, 26 de novembro, na 4ª Vara Cível de Barra Mansa, o termo de doação do terreno para a implantação do Parque Tecnológico do Sul Fluminense (PqTec Rio Sul). A área cedida pelo empresário tem 200 mil metros quadrados e fica na Fazenda do Sobrado, às margens da Rodovia Presidente Dutra.

O projeto do PqTec Rio Sul será apresentado à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), por meio de edital, e poderá ser contemplado com cerca de R$ 2 milhões. O valor será destinado para a construção de uma unidade administrativa e de um centro de treinamento.

“A construção do Parque Tecnológico terá grande impacto nas áreas de tecnologia e inovação do setor industrial de toda a região, além de promover a integração entre as universidades e as indústrias”, ressalta Alexandre Silva, acrescentando que esse é apenas o início, já que os investimentos para a estruturação total do Parque podem ultrapassar R$ 150 milhões.

Na última terça-feira, o prefeito de Barra Mansa, Jonas Marins, assinou o protocolo de intenções em apoio à instalação do Parque Tecnológico no município, também assinado no último dia 10 pelo presidente do Sistema FIRJAN, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, e pelo presidente da Federação na região, Edvaldo de Carvalho.

“O protocolo formaliza o apoio que temos dado desde o início desse movimento. A construção desse parque vai ampliar a cadeia produtiva e de fornecedores dentro da região”, afirma Carvalho, que considera o investimento como uma oportunidade para que as micros, pequenas e médias empresas sejam ainda mais competitivas.




Mais informaçõesSistema FIRJAN – Assessoria de Imprensa Regional 

Inovação tecnológica

1 ✎ Comentários


A tecnologia entrou em ação para eleger os delegados para a conferência nacional de juventude.
Em uma atitude inovadora, a Secretaria de Juventude lançou um aplicativo que elegeu 350 propostas e mais 600 delegados para ir a conferência nacional da juventude em dezembro em Brasília.
A marca do aplicativo era a interatividade, quanto mais interativo o usuário era, mais pontos ele ganhava.
Participei desta etapa e estou entre os 600 delegados da plataforma digital que estarão representando a região e mais especificamente Volta Redonda .
Pretendo discutir entre outras propostas que toda escola pública possa ter incorporado em sua grade curricular o curso de artes cênicas, a qual o aluno poderia optar por teatro, dança ou circo, Justifico a minha proposta, pois em todos os países que a arte se faz presente na vida escolar da criança o seu desempenho escolar também é favorecido.
Outra proposta que pretendo debater é a escola integral, mas como esta escola seria e como poderíamos dividir a grade curricular para que fosse atrativa ao aluno e também fator de motivação aos aluno.
A região será muito bem representada pois além dos delegados eleitos na etapa digital temos também os que foram para a etapa estadual que conseguiram também ser eleitos para a nacional, com isso juntando as duas formas de participação na nacional devemos ter um total de 11 delegados confirmados até o momento.
A participação popular sendo cada vez mais forte e ditando os rumos para o Brasil.

Marcione Oliveira

MC JOW MATT GREEN - CONTINUE TENTANDO

0 ✎ Comentários

Pra quem curti as novidades da região tá aí o lançamento de MC JOW MATT GREEN,
de Volta Redonda para o mundo
em seu primeiro Clipe Musical.

Confira!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...