LABORATÓRIO MÓVEL DO SENAI LEVA CAPACITAÇÃO TECNOLÓGICA AO SUL FLUMINENSE


Fotos: Carlos Felipe de Araújo

O Sistema FIRJAN, por meio do SENAI Rio, leva ao Sul Fluminense seu novo serviço de capacitação para o setor da construção civil: o laboratório móvel BIM (Building Information Modeling ou Modelagem da Informação Construção), que estará a partir de 8 de agosto no SENAI Volta Redonda. O objetivo é levar tecnologia e conhecimento para profissionais que têm pouco acesso à inovação.

Com 14 estações de trabalho, a carreta promove aulas práticas para todos os profissionais e interessados que atuam no segmento. O curso oferecido é o Revit Básico (Modelagem da Informação da Construção) e tem como público-alvo empresas de construção, incorporadoras, escritórios de engenharia e arquitetura, fabricantes de produtos para a construção civil, além de profissionais liberais como arquitetos, engenheiros, design de interiores, técnicos de edificações e estudantes do setor.

A unidade móvel BIM é uma extensão do Laboratório BIM do SENAI Rio Cinelândia inaugurado em outubro do ano passado no Centro do Rio de Janeiro, com o objetivo de atender à crescente demanda de qualificação de mão de obra do setor e acompanhar as tendências tecnológicas do mercado. Além disso, os dois laboratórios fazem parte das orientações estabelecidas no estudo do Sistema FIRJAN “Construção Civil – Desafios 2020”.
Fotos: Carlos Felipe de Araújo
“Tanto o laboratório quanto a unidade móvel é um avanço para a capacitação de profissionais, pois a ferramenta é uma revolução tecnológica, devido as suas aplicações no mercado. Por meio do uso de um conjunto de softwares é possível conceber todas as etapas de construção de um empreendimento, proporcionando uma maior racionalidade no projeto”, destaca o especialista em Relacionamento Setorial do Sistema FIRJAN, Roberto da Cunha, assinalando que o programa tem a parceria da empresa AutoDesk, uma das desenvolvedoras dos softwares.

Presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Rio de Janeiro (Sinduscon-Rio), Roberto Kauffmann, lembra que, apesar da metodologia BIM já ser bastante difundida na Europa e Estados Unidos, somente agora as empresas brasileiras estão adotando o sistema. “O uso do BIM hoje é fundamental para agilizar a elaboração de todos os projetos e promover a sinergia de todas as áreas envolvidas em um empreendimento. É importante também que os órgãos públicos adotem o BIM nas análises dos projetos e, assim, agilizar a liberação das construções”, disse Kauffmann.

O laboratório móvel BIM já passou pelos municípios de Três Rios, Nova Friburgo, Itaperuna e Campos dos Goytacazes. Em agosto, chega em Volta Redonda e segue para Niterói (setembro), Duque de Caxias (outubro) e, por fim, Petrópolis (dezembro). De acordo com a demanda, são formadas duas turmas por município.
Mais informações: www.firjan.com.br



0 ✎ Comentários :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...